estamparia, Exposições, Inspiração, Moda

Exposição Cores do Brasil na Oca

banner_ocaEstive esta semana no espaço da Oca, parque Ibirapuera em São Paulo, conferindo esta exposição que explora o tema cores do Brasil através de uma instalação que une cenografia, moda, fotografia, design, digital print e responsabilidade social.

Cores do Brasil - expo OcaIbirapuera (4)

Apesar de não ocupar muito espaço, situada no último andar do prédio da Oca, a instalação desperta a nossa imaginação, numa proposta que mistura moda, estampas, labirintos e fantasia.

Um grande livro de 5 metros de altura, com suas folhas abertas em círculo, abriga uma cena diferente em cada um dos sete nichos criados pelo intervalo das páginas.

 

Idealizada por Didi Rezende e Kalina Bourgeois, assinada pelos designers Bruno Basso e Christopher Brooke – que desenvolveram as estampas -, e pelo cenógrafo Marko Brajovic, com curadoraria de André Stolarski e Tuca Vieira, a obra incluiu jovens de comunidades vulneráveis de regiões distintas do Brasil, que participaram do projeto coletando imagens fotográficas do entorno onde vivem, e formando assim um repertório contemporâneo do que possam ser as cores deste país. As fotos selecionadas também fazem parte da exposição e foram usadas como base para criação das estampas digitais.

Cores do Brasil - expo OcaIbirapuera (5)

Gostei bastante, não apenas pela instalação em si – muito bem elaborada e rica em detalhes -, mas também por reunir tantas linguagens, como moda, cenografia, fotografia e o design de superfícies.

Apreciei muito a inclusão de jovens de classes menos privilegiadas na captação das imagens que serviram de base a este projeto, proporcionando um exercício de leitura e valorização do entorno onde vivemos.

Uma reflexão visual que, com certeza, aprimorou o olhar a reconhecer nossa identidade cromática e a valorizar os cenários contemporâneos do Brasil.

Vale a pena conferir!

A exposição fica até o dia 2 de agosto/2014!

Mais informações:
http://www.parqueibirapuera.org/exposicao-das-cores-na-oca/

Cursos e workshops!, Descanso para os olhos, Design de interiores, estamparia, Inspiração, Moda, Testes de cor

O fenômeno da COR e seus mistérios

Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São Paulo, mar2014

A percepção da cor é um fenômeno decorrente da especialização da visão humana, também presente em outras espécies de animais, como pássaros, primatas, insetos e peixes.

Por ser a cor inerente ao nosso universo visual, às vezes não nos damos conta de como a sua percepção é suscetível a alterações e efeitos curiosos.

 

Mas quem faz uso constante das composições de cores em seus projetos sabe como dá trabalho elaborar combinações agradáveis, evitar situações ofuscantes e balancear os contrastes.

Frequentado por designers, fotógrafos, arquitetos e profissionais da moda, o curso Projetando com a COR amplia a percepção das relações entre as cores a partir das constatações da neurociência e contribui para a elaboração de composições sedutoras, assegurando a boa legibilidade dos contrastes de cor. É essencial para quem precisa garantir o conforto visual, sem perder horas e horas com o método da tentativa e erro.

Não se trata de um curso que oferece receitas prontas de combinações de cores, mas de um treino visual que permite compreender a dinâmica dos contrastes.

Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São Paulo, set/2013
Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São Paulo, set/2013

É muito gratificante para mim, que ministro esse curso há mais de 14 anos, observar o espanto e a descoberta na expressão dos alunos durante os exercícios com placas coloridas (kit Projetando com a COR).

O sorriso e a satisfação desses profissionais das áreas de comunicação visual, ao perceberem o alcance de conceitos como “contraste simultâneo” ou “interatividade cromática”, é sem dúvida o que mais me estimula nesta atividade didática.

Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São Paulo, set/2013
Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São Paulo, set/2013

A próxima turma será agora em final de agosto:
Últimas vagas – sexta e sábado, 29 e 30/agosto/2014, no Universo da Cor, em São Paulo!
*Obs.: Aproveite para pagar a matrícula com desconto até o dia 31/julho!

Mais informações (valores, inscrição e matrícula):
http://www.universodacor.com.br/cursos-e-eventos/68/programa/projetando-com-a-cor.html

Veja, aqui mesmo no Blog, + fotos das últimas turmas

Curso Projetando com a COR, realizado em março/2014 no Universo da Cor Centro de Estudos e Pesquisas sobre as Cores
Curso Projetando com a COR / Universo da Cor, São paulo, mar/2014

Conheça outros cursos oferecidos pelo Universo da Cor, em São Paulo!

Cursos programados
http://www.universodacor.com.br/cursos-e-eventos
Cursos em breve:
http://www.universodacor.com.br/cursos-e-eventos/programas/em-breve.html

A cor na arte, Descanso para os olhos, Inspiração

Visita ao atelier de Tania Martins

Durante a nossa visita ao atelier de Tania Martins na semana passada, enquanto Marcelo Guanabara fotografava algumas coleções de têmpera e aquarela, eu tive a oportunidade de conhecer o enorme acervo desta pintora, com inúmeras obras que preenchem o espaço da sua casa e atelier: uma atmosfera colorida, envolvente e luminosa.

Resolvi mostrar algumas imagens aqui no Blog do Universo da Cor, para compartilhar um pouco dessa visita inspiradora com nossos amigos e leitores.

IMG_1273
Tania e Marcelo, separando as aquarelas que seriam fotografadas.

Logo ao entrar, uma de suas telas me chamou a atenção. Persistiu atraindo meu olhar, pela sutileza e leveza dos contrastes de cor. Depois, Tania me mostrou outros trabalhos pertencentes a esta bela coleção de pinturas à óleo.

Veja a baixo a tela que mencionei. Nela, a pintora trabalha as cores com profundidade, em camadas, deixando transparecer uma cor através de outra. O resultado é uma composição que nos convida a percorrer com o olhar os limites das formas, despertando o interesse por essas bordas, que ora revelam, ora escondem as primeiras camadas de cor.

IMG_1233

A seguir, no detalhe deste mesmo quadro, fica mais claro o que eu tentei explicar acima: um azul vivo pulsa por trás dos verdes e torna mais instigante a leitura das folhas.

A composição reúne tons saturados e brancos coloridos, resultando num delicado equilíbrio de contrastes que nos envolve e convida a contemplar.

DET_IMG_1233

Mais algumas fotos da visita ao atelier de Tania Martins. Clique nas imagens para ampliar:

Agradeço à Tania, por este dia especial no seu atelier. Foi muito gostoso e inspirador!

Eu e o Marcelo ficamos realmente impressionados com o seu acervo e a qualidade do seu trabalho!

Tania Martins com Lilian Ried Miller Barros
Tania e eu (Lilian), no dia da visita.

 

Para mais informações sobre o trabalho de Tania Martins, acesse: www.tukamartins.com.br

 

Cursos e workshops!, Inspiração, Moda

Animal print e padrões ópticos na estamparia

Animal print é o nome que se dá hoje às estampas que imitam ou se inspiram em peles de animais, como zebras e oncinhas.

Nunca saem de moda, já que possibilitam variadas leituras e interpretações, alternando cores, proporções e grafismos. Presentes tanto nas coleções de inverno como de verão, agradam públicos diversos.

Animal print
1- style.com/fashionshows/ (Bluemarine Fall 2010); 2 – shopheist.com (Roseanna Wild Leopard Long Sleeve Pullover); 3 – polyvore.com; 4 – karolinayork.tumblr.com.

Este tipo de estampa, também conhecido como padrão camuflado, é amplamente explorado no design de superfícies, oferecendo um apelo diferenciado em produtos, desde eletrodomésticos a acessórios de moda.

Animal print
1 – homedepot.com (Hamilton-Beach); 2 – hipswap.com/furniture; 3 – awellstyledlife.tumblr.com (GLAMOUR).
Animal print
1 – net-a-porter.com (Cavalli), 2 – vogue.com/fashion-week/resort-2013 (Giambattista Valli).
Animal print
fashionising.com/runway (1 – Carlos Miele ; 2 – Felder Felder).

Além das formas orgânicas que caracterizam os camuflados, outra corrente explora os padrões ópticos, cuja estrutura geométrica associada aos contrastes cromáticos permite criar com facilidade efeitos de ilusão de ótica. Por isso, estes padrões foram a base para os estudos da Op Art (Optical Art).

Op Art
OP ART: 1 e 3 – obras de Briget Riley; 2 e 4 – Victor Vasarely.
1 – style.com/fashionshows (Talbot Runhof); 2 – blogdaliving.blogspot.com.br (pufe Douce).

Entretanto, ser original na elaboração de padrões camuflados e ópticos é um diferencial que poucos designers de superfície apresentam.

Para atender profissionais e interessados no desenvolvimento criativo deste tipo de estampa, o Universo da Cor convidou Celso Lima, pesquisador de técnicas de padronagem e professor de criação de estampas nos cursos regulares do SESC-SP, para ministrar um workshop específico sobre o assunto.

Workshop de camuflados e ópticos acontece em um dia de imersão, no Universo da Cor, em São Paulo.

O curso inicia-se com a conceituação deste tipo de padrão, por meio de referências visuais e exemplos, que mostram a abrangência das fontes de inspiração e dos processos criativos.

Inspiração
Fontes de inspiração para estampas de camuflados e ópticos. 1 – fired-earth.tumblr.com/post/35617876281/robynsnature-a-further-note-on-bringing-birds; 2 – graphicdesignjunction.com/2010/07/25 (Spiral by Eric Wustenhagen); 3 – flickr.com/photos/jenniferbrook/ (Tara Donovan by Jennifer Brook).

Em seguida, o aluno é levado à atividade prática, surpreendendo-se com os resultados que podem ser obtidos através do desenho a lápis sobre papel e das possibilidades de criar uma estampa corrida, de padrão mimético contínuo em rapport circular, necessitando apenas de esquadros, compassos e referências de texturas.

A proposta é ampliar a visão do participante sobre o que pode ser considerado um padrão camuflado ou óptico, instrumentando-o para explorar com mais originalidade esse tipo de padronagem, seja para fins profissionais ou artísticos. Sem recorrer ao computador, e através de uma metodologia não convencional. Não perca! Mais informações sobre o curso:

Camuflados e ópticos: workshop de criação de estampasCamuflados e ópticos:
workshop de criação de estampas

com Celso Lima
Em Breve!
no Universo da Cor, em São Paulo, SP.

Descanso para os olhos, Design de interiores, estamparia, Inspiração

As cores de 2014

Em dezembro recebi uma ligação da Mariana Mello de Moraes, da redação da revista Casa e Jardim. O assunto da matéria eram as tendências (apostas) de cores para 2014.

cores2014
Revista Casa e Jardim – dez.2013 / detalhe da matéria de Mariana Mello de Moraes

Como minha especialidade não é prospecção de tendências e sim comunicação visual das cores e percepção (neurobiologia da visão), procurei contribuir com algumas dicas, mostrando que as cores – tendência ou não – dependem do contexto para transmissão de sensações e significados.

Vejo de forma positiva o lançamento de uma tendência de cor. É um convite a reciclar associações antigas e deixar para trás alguns preconceitos. As cores são sensações com inesgotável potencial simbólico e associativo.

Uma das apostas para 2014 foi um tom de turquesa (ou azul esverdeado). Na reportagem, os objetos selecionados para representar esta cor, com formas e design sugestivo, somados aos nomes promocionais como, por exemplo, Lagoa Particular (Tintas Coral), são associações cognitivas (visuais e verbais) que nos induzem a concebê-la como algo novo e inusitado.

verde_azul
Revista Casa e Jardim – dez.2013 / detalhe da matéria de Mariana Mello de Moraes

Em outras palavras, cada tonalidade de cor funciona como um ator que pode interpretar diversos papéis. Dependendo do contexto, do design e do discurso do personagem, nós nos identificamos mais ou menos com ele. 

Além de todas essas influências, perceber as cores é um fenômeno que depende fundamentalmente dos seus contrastes com as cores e superfícies vizinhas.

No caso do azul esverdeado comentado acima, expliquei à Mariana que ele será percebido de maneira diferente em cada aplicação. Torna-se mais azul, por exemplo, quando cercado de verdes.

Porém, num contexto de superfícies claras, com predominância de lilases e rosa, o mesmo tom de turquesa torna-se mais pesado, e se transforma em verde, quase um verde bandeira.

Veja a seguir uma imagem elaborada no Universo da Cor para demonstrar essas transformações:

cor_asul_lago
O mesmo tom de verde azulado é percebido de maneira diferente. Cercado de verdes o tom parece mais claro e azulado. Já entre os tons de rosa e lilás, torna-se mais verde.

Tudo depende da conversa que a cor estabelece com o objeto e seu entorno, das transições para as cores vizinhas, do estilo da decoração e das referências culturais de quem interpreta esse cenário. O efeito das cores não é, portanto, um dado isolado. Trata-se de uma construção que envolve vários aspectos da nossa percepção, recebendo influência de outras esferas sensíveis, como a temperatura ambiente, ruídos sonoros, e o próprio estado de espírito de quem observa.

Por tudo isso eu sempre digo: não existe cor feia, e sim composições que agradam ou desagradam. 

Assim, que 2014 seja um ano inspirador! Permita-se deslumbrar com novos coloridos! 

Para ler outros posts sobre percepção da cor, acesse:

A sensação da cor: um presente da evolução
A cor da roupa altera a percepção do tom da pele
Iluminação e reprodução de cor em ambientes
A cor faz toda diferença na estamparia

Para ler a matéria da Mariana no site da Casa e Jardim, acesse: 

As cores de 2014 (Revista Casa e Jardim)

Cursos e workshops!, Descanso para os olhos, Design de interiores, estamparia, Exposições, Inspiração

A cor desconstruída, por Tricia Guild

Ontem no fim da tarde, estive no Espaço Gardens com minha amiga paisagista Caterina Poli.

Participamos do evento Colour Experience promovido pela Revista Casa e Jardim, e assistimos à palestra de Tricia Guild, famosa designer britânica e fundadora da Designers Guild, empresa com representação internacional, inovadora em composição de cores e padrões de tecidos para decoração.

tricia_guild_Revista_Casa_e_Jardim
Tricia Guild no Colour Experience (Foto: Marcia Evangelista/Casa e Jardim)

Tricia mostrou lindas imagens de interiores e falou sobre sua inspiração para projetar com a cor, que surge a partir de objetos e situações inusitadas como uma antiga foto em preto-e-branco ou um figurino da moda. O que importa, como ela bem colocou, é o interesse e o olhar de quem capta essas referências.

designers_guild
Site da Designers Guild: http://www.designersguild.com

Fica aqui a recomendação do novo livro de Tricia Guild que foi gentilmente presenteado aos participantes do evento – “A cor desconstruída” -, com fotos de James Merrell. Nele, encontram-se imagens inspiradoras para o design de interiores, criação de estampas e composição de cores nos cenários.

livro_Tricia
“A cor desconstruída” – livro de Tricia Guild, lançado em português no evento Colour Experience da Revista Casa e Jardim

Com certeza aproveitarei para comentar sobre o livro e o trabalho de Tricia Guild no próximo curso A cor nos ambientes internos, que acontece agora em 25 e 26 de outubro/2013!

Para informações sobre cores nos ambientes internos, cuidados e dicas, acesse outro post neste blog: A COR nos ambientes internos.

ima_cursos_ambientes1Curso A COR nos ambientes internos

Carga horária 14h/aula

Próxima turma:
25 a 26.out.13 / sexta e sábado

das 9 às 13h e das 14 às 17h

estamparia, Inspiração, Moda, tingimento de tecidos

Tie-dye para o Verão 2014 » Harper's Bazaar

Verão 2014 em tendências: prints tie-dye » Harper’s Bazaar.

Segundo a Harper’s BAZAAR, tie-dye é tendência para Verão 2014, que será dominado por estampas.

ima_tie_dye
http://www.harpersbazaar.com.br/moda/verao-2014-em-tendencias-estampas-tie-dye#—-na-Amapo-o-tie-dye-tem-influencia-do-fundo-do-mar——Fotos–Ag–Fotosite

Lilian Pacce também aponta essa tendência na moda masculina: http://msn.lilianpacce.com.br/desfile/msgm-masc-primavera-verao-2014/

Últimas vagas para o curso prático de Tie-dye ( 13 e 14 de setembro/2013 )  no Universo da Cor, em São Paulo:
http://www.universodacor.com.br/index.php?scr=curso&id=55

ban_tie-dye_1
Banner de divulgação do curso “As técnicas do Tie-dye“, Universo da Cor / SP
estamparia, Inspiração, Moda, tingimento de tecidos

Inspire-se com o Tie-dye!

Quando pensamos no tie-dye, são recorrentes aqueles efeitos multicoloridos em camisetas, formando uma mandala. Mas esse resultado simples e já banalizado não corresponde aos sutis e refinados efeitos visuais que esta arte milenar de tingimento de tecidos nos oferece. As amarrações do tecido e as cores escolhidas oferecem múltiplas possibilidades.
É possível usar a técnica do tie-dye com criatividade e bom gosto.

O cardigan da Dolce & Gabbana, que mostramos a seguir é um exemplo de como a escolha das cores faz a diferença.

cardigan_DeG
Fonte: http://www.bergdorfgoodman.com/product.jsp?itemId=prod37510006

O tie-dye é um recurso da moda que proporciona aos produtos um aspecto natural e que pode sempre ser utilizado de forma renovada. A imagem hippie do tie-dye dos anos 60 foi totalmente revista, trazendo originalidade às peças de roupa e atraindo um público refinado.

tie-dye-clothing-and-accessories-5
Fonte: http://www.zmalfashion.com/2011/07/tie-dye-on-trend.html
tie-dye-580a-051510
Fonte: http://main.stylelist.com/2010/05/17/how-to-wear-tie-dye-spring-2010/
44
Fonte: http://www.asos.com/Textile-by-Elizabeth-James/
45
Fonte: http://www.asos.com/

A sofisticação está muitas vezes na redução da gama de cores e nos efeitos livres do tingimento.

tie-dye-clothing
Fonte: http://www.net-a-porter.com/

No exemplo a seguir o que chama a atenção é a combinação harmoniosa do tie-dye com uma estampa floral:

tiedyetote
Fonte: http://prudentbaby.com/2012/06/baby-kid/accessories/tie-dye-summer-tote/

A técnica do tie-dye quando aplicada em tecidos mais densos é menos usual oferecendo um outro apelo estético, como vemos na saia abaixo.

Fonte:
Fonte: http://www.net-a-porter.com/product/105342

Um efeito localizado, pode ser interessante para peças de confecção, como barrados em saias, batas ou calças.

m_52000b6cc712457b46015ad5
Fonte: http://poshmark.com/listing/52000b65c712457b46015ac7

+ Veja outro post relacionado à técnica do tie-dye: “Os segredos do Tie-dye

O curso “As Técnicas do Tie-dye” acontece regularmente (ao menos 1 vez por semestre) no Universo da Cor em São Paulo-SP. É ministrado pelo  Prof. Wesley dos Santos Paixão, tecnolólogo têxtil com especialização em química têxtil.

No curso os participantes aprendem a utilizar e dosar os corantes e fixadores mais adequados para os efeitos desejados, compreendendo com propriedade as reações químicas e as etapas de tingimento e acabamento para três processos de Tie-dye: 1 – Tradicional a frio, 2 – Tradicional a quente e 3 – Clássico, ou contrário. Também são demonstradas e praticadas pelos alunos as dobras e amarrações nas peças de roupa para efeitos estampados variados, como círculos, listras, degradês, etc.

Esta é uma oportunidade única não apenas para aqueles que desejam reciclar e confeccionar peças exclusivas para o próprio uso, como também para a exploração das técnicas do Tie-dye pelos profissionais da moda, donos de confecções, estilistas e designers.

ban_tie-dye_1
Banner de divulgação do curso “As técnicas do Tie-dye“, Universo da Cor / SP
Cursos e workshops!, estamparia, Inspiração, Moda

Técnicas para criação de estampas com Wagner Campelo

Neste próximo fim de semana teremos dois cursos com Wagner Campelo no Universo da Cor, em São Paulo. 

face2
Banners de divulgação dos cursos do Wagner no Universo da Cor

O curso ‘Técnicas para criação de estampas”¹, que acontece na sexta, dia 14.junho – das 9 `as 18h – , ensina como criar estampas vetoriais, digitais e fotográficas, partindo de motivos vegetais (flores, folhagens, plantas, texturas).

Espécies de plantas reais, escaneadas, fotografadas ou redesenhadas são referências que Wagner utiliza para mostrar como é possível obter belas estampas com efeitos variados que podem ser aplicadas a diversos segmentos de mercado. 

Desenvolvido excepcionalmente para o Universo da Cor, este curso é uma oportunidade única de conhecer os percursos criativos deste talentoso designer de superfícies.
A foto a seguir mostra alunas da última turma do curso, vestindo echarpes com estampas criadas por Wagner Campelo.

Alunas do curso Técnicas para criação de estampas vestindo as echarpes com padrões criados por Wagner Campelo
Alunas do curso Técnicas para criação de estampas vestindo as echarpes com padrões criados por Wagner Campelo

Aproveite para fazer também o “Workshop de estampas fotográficas”, que acontece no dia seguinte – sábado 15.junho -, das das 9 `as 18h.

Neste workshop os alunos têm a oportunidade de elaborar suas próprias estampas a partir de arquivos fotográficos.

O curso tem início com uma breve apresentação teórica, seguida de um safári fotográfico. Neste passeio a pé pelo bairro, o grupo capta motivos e detalhes da paisagem urbana que possam resultar em interessantes padrões estampados.

Depois, cada participante aprende a tratar em seu próprio notebook as imagens capturadas, recebendo a orientação do professor para transformá-las através dos recursos do programa Photoshop, aprendendo a utilizar alguns filtros. Wagner sugere correções na imagem, recortes e módulos de repetição, orientando a criação do rapport e os ajustes na paleta de cores.

Veja a seguir algumas fotos do Workshop de estampas fotográficas que ocorreu em out/2012.

Estes cursos acontecem regularmente no Universo da Cor, em São Paulo. Saiba mais:

curso_box_work_fotograficas2Workshop de estampas fotográficas
com Wagner Campelo
no Universo da Cor, em São Paulo

saiba mais: data, conteúdo e valores

Técnicas para criação de estampas
com Wagner Campelo
no Universo da Cor, em São Paulo

saiba mais: data, conteúdo e valores

Para saber mais sobre o trabalho de Wagner Campelo, acesse o blog “padronagens & afins”.

Neste post ele mostra algumas de suas estampas fotográficas: http://padronagens.wordpress.com/2012/04/

3_geometricmaranta_a
Estampa fotográfica criada por Wagner Campelo http://padronagens.wordpress.com/2012/04/

Nota:

¹Em versões anteriores, o curso “Técnicas para criação de estampas” já foi chamado de “Estampas a partir de referências vegetais”.