Cursos e workshops!

Maio 2018: cursos e workshops sobre composição de cores e percepção visual!

Últimas vagas para os cursos que acontecerão em maio no Centro de Estudos Universo da Cor, em São Paulo.
Reserve a sua!

A cor na arte, A cor nos ambientes internos, Cursos e workshops!

Próxima sexta, sábado e domingo: curso e workshop no Universo da Cor!

Últimas vagas para o curso Projetando com a COR e o Workshop Círculo Cromático que acontecem no próximo fim de semana, no Universo da Cor em São Paulo!

Curso Projetando com a COR, com Lilian Ried Miller Barros, no Universo da Cor, SP.
Curso Projetando com a COR

Frequentados por arquitetos, designers, ilustradores, artistas gráficos e interessados nos efeitos das cores e seus contrastes, estes cursos acontecem apenas duas vezes ao ano, em edições exclusivas oferecidos pelo Centro de Estudos e Pesquisas sobre as Cores – Universo da Cor, na Rua Afonso de Freitas, bairro Paraíso, São Paulo.

Workshop Círculo Cromático / Universo da Cor - out/2013
Workshop Círculo Cromático

Uma imersão de 2 dias nas cores e nos mecanismos do sistema visual humano, que leva os participantes a explorarem as combinações evitando desconforto visual.

Saiba mais sobre estes e os próximos cursos sobre cores ministrados por Lilian, no Universo da Cor em São Paulo-SP:

Projetando com a COR
Carga horária 12h/aula

Próxima turma: 28 e 29 de out/2016
sexta das 9 às 18h e sábado das 9 às 13h

Workshop Círculo Cromático
Carga horária 7h/aula

Próxima turma: 30 de out/2016
domingo, das 9 às 13h e das 14 às 17h

Workshop de ilustração com COPIC
Carga horária 7h/aula

Próxima turma: 5 de nov/2016
sábado, das 9 às 12h e das 13 às 17h

Curso A COR nos ambientes internos
Carga horária 14h/aula

Próxima turma: 18 e 19 de nov/2016
sexta das 9 às 18h e sábado das 9 às 13h

A cor nos ambientes internos, Design de interiores, Exposições

Palestras no Senac São Paulo: capital e interior

Palestra de abertura do Design Essencial na sede do Senac São Paulo em 13.ago.2016
Palestra de abertura do Design Essencial na sede do Senac São Paulo em 13.ago.2016

A 11ª edição do Design Essencial, evento promovido pelo Senac São Paulo, traz o tema Cores, Contrastes, Combinações. Responsável pela curadoria desta ação cultural destinada aos alunos do Senac-SP e aberta ao público interessado, fui convidada a ministrar a palestra A Cor nos Ambientes internos em diversas unidades da capital e do interior.

O Design Essencial acontece de 13 de agosto a 23 de novembro/2016, em 17 unidades da Grande São Paulo e do interior. Confira a programação!

Veja abaixo as unidades em que este evento está sendo oferecido.
Clique na unidade de seu interesse para conferir todo o programa oferecido.
Grande São Paulo
Senac Lapa Tito – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 13/ago, às 10h
Senac Santo André – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 30/ago, às 19h
Senac Santana – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 18/out, às 19h
Senac Santa Cecília – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 30/set, às 19h
Senac São Bernardo do Campo
Senac Taboão da Serra
Senac Penha
Interior
Senac Americana – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 20/set, às 19h
Senac Bauru
Senac Piracicaba – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 23/ago, às 19:30h
Senac Ribeirão Preto – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. M. Barros – dia 22/set, às 19:30h
Senac São José dos Campos
Senac Sorocaba
Senac Araraquara
Senac Campinas – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 10/nov, às 19h
Senac Presidente Prudente
Senac Marília

Mais fotos da palestra de abertura do Design Essencial 2016:

 

Fotos: Marcelo Guanabara

A cor nos ambientes internos, Exposições

Design Essencial 2016: Cores, Contrastes, Combinações

Fui convidada pelo Senac São Paulo para ser curadora deste evento que acontecerá nas principais unidades Senac do nosso estado durante o segundo semestre/2016.
Vale a pena conferir a programação!

O Senac São Paulo realiza, de 13 de agosto a 23 de novembro, o Design Essencial 2016, em 17 unidades da Grande São Paulo e do interior.

A 11ª edição do evento tem o tema Cores, Contrastes, Combinações, pensado com a consultoria da arquiteta Lilian Ried Miller Barros, que irá ministrar o evento abertura na Sede do Senac, com inscrições feitas por meio da unidade Lapa Tito.

“Os hábitos contemporâneos nos levam a uma intensa estimulação visual”, pontua Lilian. “Isso nos torna mais sensíveis às micro diferenças em todos cenários da vida, valorizando a sutileza das composições cromáticas e exigindo dos designers maior critério e conhecimento para projetar com a cor.”

Ela explica que o sistema visual humano é especializado em diferenciar cores nas superfícies e identificar contrastes, por isso a composição é mais importante do que a cor isolada para o designer. “As cores e suas combinações esbarram sempre na definição de harmonia, que é um tema subjetivo, cercado por preconceitos e condicionamentos culturais. Podemos combinar as mesmas cores de várias maneiras, utilizando diferentes proporções e associações entre elas”, afirma a arquiteta.

O assunto será abordado de maneira aprofundada em diversas atividades que envolvem as áreas de design, arquitetura e urbanismo.

Conheça os cursos que o Senac oferece nas áreas de arquitetura e urbanismo e design.

Veja também publicações da consultora sobre esse tema no Blog Universo da Cor.

Observação:

A unidade Osasco também receberá o evento. Confira, em breve, a programação.

Público-alvo: Arquitetos, designers de interiores, decoradores, lojistas e indústrias do setor, designers de produtos, estudantes, professores e demais profissionais da área.

Atualizado em: 05/08/2016 12:52:13

Serviço Local – Rede Senac São Paulo

Veja abaixo as unidades em que este evento está sendo oferecido.
Clique na unidade de seu interesse, conheça as opções de datas e horários.
Grande São Paulo
Senac Lapa Tito – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 13/ago, às 10h
Senac Santo André – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 30/ago, às 19h
Senac Santana – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 18/out, às 19h
Senac Santa Cecília – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 30/set, às 19h
Senac São Bernardo do Campo
Senac Taboão da Serra
Senac Penha
Interior
Senac Americana – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 20/set, às 19h
Senac Bauru
Senac Piracicaba – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 23/ago, às 19:30h
Senac Ribeirão Preto – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. M. Barros – dia 22/set, às 19:30h
Senac São José dos Campos
Senac Sorocaba
Senac Araraquara
Senac Campinas – Palestra A COR nos Ambientes, com Lilian R. Miller Barros – dia 10/nov, às 19h
Senac Presidente Prudente
Senac Marília

Saiba mais sobre os cursos sobre cor ministrados por Lilian, no Universo da Cor em São Paulo-SP:

Curso A COR na estética pessoal
Carga horária 11h/aula

Próxima turma: 7 e 8 de out/2016
sexta das 9 às 17h e sábado das 9 às 13h

Projetando com a COR
Carga horária 12h/aula

Próxima turma: 28 e 29 de out/2016
sexta das 9 às 18h e sábado das 9 às 13h

Workshop Círculo Cromático
Carga horária 7h/aula

Próxima turma: 30 de out/2016
domingo, das 9 às 13h e das 14 às 17h

Workshop de ilustração com COPIC
Carga horária 7h/aula

Próxima turma: 5 de nov/2016
sábado, das 9 às 12h e das 13 às 17h

Curso A COR nos ambientes internos
Carga horária 14h/aula

Próxima turma: 18 e 19 de nov/2016
sexta das 9 às 18h e sábado das 9 às 13h

A cor nos ambientes internos, Design de interiores

Cores, humor e clima do ambiente

A entrevista que dei à Silvana Maria Rosso, consultora editorial e de estilo, para elaboração de uma matéria sobre cores na decoração foi ao ar esta semana.
Confira!

Cores podem influenciar o clima do ambiente e nosso humor

materia_silvana_rosso_uol
Silvana Rosso entrevista Lilian Ried do Universo da Cor para a matéria do UOL Mulher

Em um post recente aqui no Blog, falo um pouco mais sobre o assunto: A influencia das cores

Descanso para os olhos, Design de interiores

A influência das cores

Sabemos que as cores exercem influência no nosso estado de ânimo, mas é preciso ter muito cuidado ao tirar conclusões precipitadas.

cropped-cabec3a7alho_cor1.jpg

O vermelho em excesso, por exemplo, pode ser cansativo ou irritante num ambiente, quando associado a determinadas formas e inserido num jogo específico de contrastes. O mesmo tom de vermelho, em outro contexto, associado a outras formas e cores, pode ter um efeito acolhedor e agradável, como mostram as imagens a seguir.

Exemplo de ambiente dominado pelo vermelho, no qual a distribuição dos elementos e a criação de fortes contrastes coopera para a sensação de sobrecarga e intensidade, tornando o espaço visualmente cansativo para uma longa permanência. Contribui para esse efeito, o estilo rebuscado do mobiliário e a presença de estampas, que estimulam o olhar na identificação dos seus detalhes.
red2
Exemplo de ambiente dominado pelo vermelho com distribuição setorizada dos elementos e cores. Tonalidades menos intensas tonam os contrastes mais confortáveis ao sistema visual, criando áreas de continuidade e, consequentemente, um espaço mais acolhedor para longa permanência.

Em meus estudos sobre a percepção das cores, desenvolvidos na USP durante as pesquisas de mestrado e doutorado, realmente constatei, com base na neurociência e na semiótica discursiva, que este assunto fascinante é bastante complexo. O efeito da percepção das cores se dá através de uma rede de relações nos cenários em que as percebemos. As formas, estilos, texturas e associações culturais interagem com as cores para dar sentido a elas. Assim, a interpretação da cena visual é o resultado intrincado de todas essas relações.

A sensação cromática interage com outros sentidos além do visual, como paladar, olfato, tato, audição, sensação de frio ou calor etc. A estrutura emocional e cultural daquele que percebe também é fundamental nesse processo. Se você está de mau humor, por exemplo, cores e formas podem passar despercebidas, ou podem ser vistas de maneira distorcida, com conotações negativas.

doce_apimentado
Mesma cor indica sensações diferentes de paladar, como mostra o exemplo acima. Nestas situações, a mensagem visual não se resume à cor, mas na sua relação com as formas, texturas e aromas.

As investigações científicas sobre os efeitos das cores não levaram, até hoje, a respostas absolutas ou confiáveis. Quando estive na Suécia em 2011, participando do International Colour Design Workshop, promovido pela NCS Colour Academy, confirmei minha descrença na existência de uma resposta humana padronizada às cores, ao conversar com outros estudiosos do assunto. Pesquisas dessa natureza – que testam a permanência de pessoas em determinados ambientes coloridos – mostram que o mesmo experimento apresenta resultados contraditórios quando é repetido, seja em outro momento ou com amostragem de público diferente.

Assim, embora muitos ainda busquem essa resposta generalizante, não é possível imaginar a cor como uma tecla que, quando acionada, cause um efeito conhecido em nosso estado psíquico. A percepção humana é um território extremamente complexo, com um potencial associativo imensurável para estabelecer novas relações, interpretações e significados.

Por essa razão, procuro não ensinar receitas de aplicação das cores aos meus alunos – arquitetos e designers que frequentam cursos como Projetando com a COR ou A cor nos ambientes internos. Faço com que eles, através de exercícios com placas coloridas (Kit Projetando com a COR), compreendam a interatividade cromática para criarem projetos em que prevaleça conforto visual e boa legibilidade de contrastes. Descobrir e ampliar as possibilidades de combinar as cores é algo que enriquece o trabalho de todos que lidam com a comunicação visual.

Pude constatar essa flexibilidade de sentidos e significados da cor na minha pesquisa de doutorado concluída em 2012 – um estudo sobre os usos criativos da cor -, onde analiso e comparo diversos discursos visuais, entre filmes de cinema, campanhas publicitárias e objetos de design. O contexto em que a cor aparece, seja ele a cena de um filme, uma sala de jantar, ou a embalagem de um refrigerante, é determinante para a análise de qualquer efeito psíquico que a cor possa provocar. A simbologia das cores, que corresponde a associações socioculturais, também muda com o tempo, adequando-se a novos hábitos e influências. A existência de uma referência simbólica da cor em determinada cultura não impede, portanto, que o criador, arquiteto ou designer, estimule novas leituras e alcance efeitos inusitados com as cores.

Do ponto de vista criativo, é limitante oferecer receitas dos efeitos que as cores provocam. O ideal é sempre considerar o conjunto composto pelo espaço, formas e cores, através de uma visão mais abrangente e menos dogmática. Cada contexto com suas particularidades, apresenta uma rede de relações que pode transformar, questionar ou até mesmo contradizer uma determinada simbologia associada às cores.

 

Confira outros posts sobre a percepção das cores:

A cor nos ambientes internos

A sensação da cor: um presente da evolução

O fenômeno da cor e seus mistérios

As cores de 2014

 

Fonte das imagens utilizadas neste post (respectivamente, em relação à ordem em que aparecem):
http://www.redbookmag.com;
http://www.mattengloss.in;
http://flippywall.com;
http://adflash.eu

Descanso para os olhos, Design de interiores, estamparia, Inspiração

As cores de 2014

Em dezembro recebi uma ligação da Mariana Mello de Moraes, da redação da revista Casa e Jardim. O assunto da matéria eram as tendências (apostas) de cores para 2014.

cores2014
Revista Casa e Jardim – dez.2013 / detalhe da matéria de Mariana Mello de Moraes

Como minha especialidade não é prospecção de tendências e sim comunicação visual das cores e percepção (neurobiologia da visão), procurei contribuir com algumas dicas, mostrando que as cores – tendência ou não – dependem do contexto para transmissão de sensações e significados.

Vejo de forma positiva o lançamento de uma tendência de cor. É um convite a reciclar associações antigas e deixar para trás alguns preconceitos. As cores são sensações com inesgotável potencial simbólico e associativo.

Uma das apostas para 2014 foi um tom de turquesa (ou azul esverdeado). Na reportagem, os objetos selecionados para representar esta cor, com formas e design sugestivo, somados aos nomes promocionais como, por exemplo, Lagoa Particular (Tintas Coral), são associações cognitivas (visuais e verbais) que nos induzem a concebê-la como algo novo e inusitado.

verde_azul
Revista Casa e Jardim – dez.2013 / detalhe da matéria de Mariana Mello de Moraes

Em outras palavras, cada tonalidade de cor funciona como um ator que pode interpretar diversos papéis. Dependendo do contexto, do design e do discurso do personagem, nós nos identificamos mais ou menos com ele. 

Além de todas essas influências, perceber as cores é um fenômeno que depende fundamentalmente dos seus contrastes com as cores e superfícies vizinhas.

No caso do azul esverdeado comentado acima, expliquei à Mariana que ele será percebido de maneira diferente em cada aplicação. Torna-se mais azul, por exemplo, quando cercado de verdes.

Porém, num contexto de superfícies claras, com predominância de lilases e rosa, o mesmo tom de turquesa torna-se mais pesado, e se transforma em verde, quase um verde bandeira.

Veja a seguir uma imagem elaborada no Universo da Cor para demonstrar essas transformações:

cor_asul_lago
O mesmo tom de verde azulado é percebido de maneira diferente. Cercado de verdes o tom parece mais claro e azulado. Já entre os tons de rosa e lilás, torna-se mais verde.

Tudo depende da conversa que a cor estabelece com o objeto e seu entorno, das transições para as cores vizinhas, do estilo da decoração e das referências culturais de quem interpreta esse cenário. O efeito das cores não é, portanto, um dado isolado. Trata-se de uma construção que envolve vários aspectos da nossa percepção, recebendo influência de outras esferas sensíveis, como a temperatura ambiente, ruídos sonoros, e o próprio estado de espírito de quem observa.

Por tudo isso eu sempre digo: não existe cor feia, e sim composições que agradam ou desagradam. 

Assim, que 2014 seja um ano inspirador! Permita-se deslumbrar com novos coloridos! 

Para ler outros posts sobre percepção da cor, acesse:

A sensação da cor: um presente da evolução
A cor da roupa altera a percepção do tom da pele
Iluminação e reprodução de cor em ambientes
A cor faz toda diferença na estamparia

Para ler a matéria da Mariana no site da Casa e Jardim, acesse: 

As cores de 2014 (Revista Casa e Jardim)

Cursos e workshops!, Descanso para os olhos, Design de interiores, estamparia, Exposições, Inspiração

A cor desconstruída, por Tricia Guild

Ontem no fim da tarde, estive no Espaço Gardens com minha amiga paisagista Caterina Poli.

Participamos do evento Colour Experience promovido pela Revista Casa e Jardim, e assistimos à palestra de Tricia Guild, famosa designer britânica e fundadora da Designers Guild, empresa com representação internacional, inovadora em composição de cores e padrões de tecidos para decoração.

tricia_guild_Revista_Casa_e_Jardim
Tricia Guild no Colour Experience (Foto: Marcia Evangelista/Casa e Jardim)

Tricia mostrou lindas imagens de interiores e falou sobre sua inspiração para projetar com a cor, que surge a partir de objetos e situações inusitadas como uma antiga foto em preto-e-branco ou um figurino da moda. O que importa, como ela bem colocou, é o interesse e o olhar de quem capta essas referências.

designers_guild
Site da Designers Guild: http://www.designersguild.com

Fica aqui a recomendação do novo livro de Tricia Guild que foi gentilmente presenteado aos participantes do evento – “A cor desconstruída” -, com fotos de James Merrell. Nele, encontram-se imagens inspiradoras para o design de interiores, criação de estampas e composição de cores nos cenários.

livro_Tricia
“A cor desconstruída” – livro de Tricia Guild, lançado em português no evento Colour Experience da Revista Casa e Jardim

Com certeza aproveitarei para comentar sobre o livro e o trabalho de Tricia Guild no próximo curso A cor nos ambientes internos, que acontece agora em 25 e 26 de outubro/2013!

Para informações sobre cores nos ambientes internos, cuidados e dicas, acesse outro post neste blog: A COR nos ambientes internos.

ima_cursos_ambientes1Curso A COR nos ambientes internos

Carga horária 14h/aula

Próxima turma:
25 a 26.out.13 / sexta e sábado

das 9 às 13h e das 14 às 17h